Direto do FdB: ‘Nossa Geração é Futil e Imbecilizada ou humanidade evoluida?’, resposta por Teophilo

Teophilo é um confrade que tenho profundo apreço. Católico como eu, é um homem dotado de sabedoria, pesar e com uma parcimônia invejável ao escrever. Deus queira que eu um dia tenha seu discernimento e paciência no que tange a este mundo.

Diante de um tópico tão polêmico, Teophilo acertou em cheio: nos ajoelhamos ao efêmero. Desistimos da transcendência e admiração ao Divino. Para os mais céticos, pelo menos pela busca de algo além dos limites do próprio celular e internet. A vida limitou-se de um modo que há dias que parece-me estarmos todos no Admirável Mundo Novo de Huxley, nos apegando a migalhas de prazer terreno enquanto a morte não bate na nossa porta. O prazer pelo prazer – seria realmente um Quid pro Quo?

É bom pensarem nas vossas vidas antes que seja tarde demais. Quando a única coisa que vocês tenham a oferecer seja arrependimento, não mais experiência, dias de vida em prol da Virtude e da Verdade.

Na imagem acima, o homem comum. Bem arrumado, aparentemente instruído, mas cego. E sempre dizendo ‘Não estou obcecado’.

Cristãos ou não, buscar ultrapassar o material é necessário e é sobre isso que Teophilo fala. Que Deus o abençoe.


http://forum.bufalo.info/showthread.php?tid=8831&pid=175151

Por Teophilo,

Essa geração é a que mais tem deixado de lado a Sabedoria, embora se entregue à tecnologia e ciência com afinco confundindo-as com o verdadeiro saber.
A consequência é a futilidade, pois o que é a futilidade senão a escolha de bens menores em detrimento dos maiores? Mas se uma geração não tem a Sabedoria como bem maior jamais achará o norte, e daí surgirá toda a confusão.

O homem fútil se baliza pelo homem médio, o homem médio, por sua vez, tem como referência o homem sábio. Porém, se o sábio já não é mais referência, de duas uma, ou o homem médio toma como modelo outro médio e cai numa mediocridade maior que a própria, ou toma como modelo o homem fútil, aquele que tem a ordem dos bens quase que totalmente desordenada, e entra em estado de barbárie contra si e toda a sociedade. Seja qual for a opção escolhida o resultado será o que estamos vendo hoje.
Sexo, Dinheiro e Poder, todos com suas variações e derivados. Essa é a tríade dos bens perseguidos pelos homens fúteis como sendo os principais de suas vidas. Tal tríade, mais tarde, será também o foco do homem médio que não se alicerçou na Sabedoria.

Quando vejo alguém que foca toda sua vida em algum dos três elementos acima citados me causa uma tristeza enorme, ainda que haja algo de lícito no empreendimento para a consecução de um deles ou na sua fruição. Isto porque, no fim de tudo, essa pessoa nunca passará do nível da mediocridade e não alcançará nem mesmo a ponta da verdadeira felicidade. Será apenas um homem mais ou menos bom e útil, porém ainda materialista/sensual e escravizado por seus próprios desejos ínfimos. E jamais adentrará nos âmbitos da Sabedoria, pois já estará tão envolto com outras preocupações que julga serem hiper importantes que lhe faltará tempo para algo mais elevado, mesmo na velhice.

É o tal do homem prático. Ora, eu até entendo que há coisas de maiores necessidades momentâneas que a Sabedoria. Mas o que não posso aceitar é que necessidades momentâneas de bens ínfimos, mas necessários, passem de momentâneos para principais, e o pior, se tornem verdadeiros fins últimos da vida (que é bem curta).

Toda vez que uma pessoa põe todas as suas forças na busca daquilo que é igual ou menor que ela, como a um fim em si mesmo, ela está causando a desordem. Se toda a sociedade o faz, a sociedade estará causando a desordem no sentido macro. É o caso dos dias atuais, isto é, uma generalização de homens fúteis.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s