O homem tem que criar

Recomendo este EXCELENTE artigo do Barão: http://canal.bufalo.info/2015/12/o-homem-tem-que-criar/

E deixo o magnânimo comentário de Gekko no FdB:

A rotina mecanizada com o seu relativo conforto e estagnação – somados à falta de metas – são a receita completa para a morte da nossa alma. A não ser que você seja adepto de alguma religião ou filosofia de vida que prega que você deve se desligar de tudo e alcançar a plenitude do vazio, melhor manter sua mente ativa e ter metas que te obriguem a exercitar a criatividade para atingi-las. Do contrário, sua mente tratará de fazer com que você se torne depressivo, sem rumo, vivendo por viver e entre numa espiral que só piora enquanto você não fizer nada a respeito

E é a pura verdade. O que mais vejo no cotidiano são máquinas que sonham um dia serem humanas, onde a grande desculpa é alguma coisa que não conseguiram ou que irão conseguir, um grande estado de inércia existencial destilado em um torpor infindo, tudo isso regado a muito ‘prazer’ inútil, tal qual Huxley previra há tempos atrás (e que a tecnologia realmente fortaleceu o potencial de inércia do ser humano).

kaiji

A constância é contrária à natureza, contrária à vida. As únicas pessoas completamente constantes são os mortos.

E Huxley estava certo. Mover-se é diferente de agir, isso também é importante. Muitas pessoas acham que ingressar em qualquer porcaria para não ficarem ociosas estão fazendo uma boa coisa: mover-se sem propósito, sem uma energia criadora dentro de si clamando por construir algo, por tornar-se processo ativo da existência é uma grande perda de tempo que geralmente culmina em grande conhecimento técnico mas apagamento existencial, um homo habilis inerte que, ao cair da noite, chora depressivo no leito por questões mais estapafúrdias possíveis.

Deve-se AGIR. Provocar uma reação, uma resposta, mesmo que tudo isto seja invisível. Há pessoas que, em uma jornada de instropecção, ultrapassam fronteiras e agem bem mais que muitos paspalhos que fazem curso de inglês para passar o tempo ou o idiota que gasta seus dias com olhar vazio na frente da televisão, coçando o saco enquanto come Doritos. Não é o movimento que é importante, mas o propósito, a mudança, o significado imbuído em cada centrímetro da nossa breve existência. Que cada inspiração de oxigênio também contenha significado e que cada expiração envie ao mundo algo novo, diferente, tratado pelos nossos corações cheios de vida enquanto ainda batem dentro de cada um de nós.

Não desperdicem suas vidas em papo mole, prazer oriundo do trabalho duro e criatividade de outros homens, por mais que tenham condições para tal. Elevem-se.

Mas sempre com uma coisa em mente: a intenção faz a ação. Criem com intenção profunda de algo e, se ainda não a tiverem, RECONSTRUAM-SE, criem em vocês mesmos um significado que sirva como força motriz para vossas vidas. Afinal, nada mais está em jogo do que a tranquilidade que a mesma foi bem vivida e que nós tentamos até o final fazer o show ser um espetáculo.

Vincit qui se vincit

 

PS: Barão, se você ler este artigo, pode não ter sido a mensagem que você quis passar no âmago, mas não poderia deixar esta inspiração morrer depois de lê-lo. Obrigado.

Anúncios

4 pensamentos sobre “O homem tem que criar

  1. Primeiro, obrigado Azoth por voltar a postar.
    O mais legal do testo do barão, é sua simplicidade, quase como o conselho de um pai em uma roda de conversa. Tão fundamental e simples de entender, mas não tão fácil de enchergar, ao sair do ambie te que eu me sentia acomodado, assimilei, depois desse texto a importância do tema do texto na minha vida. A partir da hora que li já comecei a trabalhar na mudança de paradigma.

    • Vocês não têm que agradecer, eu que agradeço, porque o maior desenvolvimento que eu tive na vida foi após aprender a ajudar o próximo e muitos me dão esta chance.

      Que bom que o artigo do Barão teve efeito positivo em você também. Não desista.

      Abraço.

  2. Caralhoo, acabei de ver essa cena,a primeira coisa que lembrei foi desse post. Kaiji é um excelente anime,faz excelentes reflexões acerca da vida de forma geral, vejo os ”desafios” que o protagonista passou como parábolas e os ensinamentos das mesmas tem muito a acrescentar em nossas vidas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s